Associação Paulistana de Bridge - APB

             


BOLETIM JAN/2016


Prezados associados da APB:

Ano novo, vida nova, ou pelo menos a mesma vida de sempre. Queremos que 2016 seja um ano melhor que 2015, e embora não tenhamos tanta certeza disso quanto à economia de nosso país em geral, em nosso âmbito mais restrito as coisas aparentemente estão andando melhor.

1. Orçamento e balancete do clube

Nossos contadores fecharam o balanço da ano passado, que está à disposição dos sócios com a Fernanda. A situação financeira está melhor do a que do ano passado, mas não estamos ainda totalmente fora de perigo, embora nossa perspectiva para este ano permaneça conforme mencionado em nosso boletim de fim de ano de 2015, de “superávit”. Vamos acompanhar isto e relatar a situação mês a mês por estes boletins.

Alguns planos e eventos para 2016 permitem que possamos ter um otimismo moderado, como vocês podem ver a seguir.

2. Quadro de sócios

Permanece pequeno em relação às nossas necessidades e principalmente em relação ao tamanho de nossa estrutura, mas pelo menos não diminuiu em relação a 2015. Novas ações poderão convencer as pessoas do “valor” de serem sócios da APB.

3. Mudança de horário de trabalho

Foi implantada em novembro/2016 e já trouxe melhorias substanciais ao nosso caixa. Infelizmente alguns sócios sentiram-se prejudicados, principalmente grupos que têm aula pela manhã. A eles sugerimos duas soluções possíveis: ou valerem-se das máquinas automáticas ou arcarem com a hora extra de pessoal adicional de manhã. Para quem se interessar, este custo é de R$ 35,00 por pessoa por hora.

4. Mudança de endereço

Permanecemos atentos em relação a esta questão, mas ela permanece sendo alternativa de mais longo prazo, que não interfere em nada do que temos que fazer para este ano. Em tempo: a lei de zoneamento, que estava para ser promulgada no final de 2015 e que provavelmente nos beneficiará, ainda não viu a luz do dia. A conferir...

5. Corte de despesas

Permanecemos ativos com este quesito e todas as sugestões de sócios (e de não-sócios também) são bem-vindas. Um de nossos garçons deve se aposentar este ano. Não o reporemos.

6. Situação fiscal do clube

Tivemos no final de Janeiro uma reunião com contadores externos para definir medidas para equacionar a situação fiscal do clube nas esferas federal e municipal (o clube não tem obrigações com o fisco estadual). Temos uma possibilidade de fazermos este ajuste ainda no 1º semestre de 2016. Em nosso cronograma de ações e planejamento publicado no boletim de final de ano de 2015 este ajuste era programado para o terceiro trimestre de 2017, portanto podemos antecipá-lo em 1 ano e três meses. A vantagem de fazermos isso é que poderemos tentar programas de apoio governamental ainda neste ano de 2016, o que definitivamente nos tirará da beira do abismo...

7. Calendário de eventos próximos

a. Torneio de verão

Acabamos Janeiro com o torneio de verão em curso e com o campeonato paulista para iniciar. Tivemos que cortar uma quadra do TV porque as pessoas tentaram se inscrever na última hora, como parece ser o costume de alguns. Não mais. Reiteramos a todos, sócios e não-sócios, que continuaremos a disciplinar este aspecto de organização até que a norma e os “usos e costumes” de uns e de outros sejam alterados, ou melhor dizendo, que a “cultura da última hora” mude.

b. Curso do Xaninho

O curso do Xaninho, originalmente pensado por ele para dar suporte à rapaziada que nos representará em Mendelín, tem despertado interesse em outras pessoas, e é tanto que inclusive não-sócios têm aparecido. Desculpem-nos por isso, pessoas, mas o curso é oferecido para a meninada e para sócios (faz parte daquele negócio de “não valor” de ser sócio do clube, lembram?). Embora constrangidos, temos pedido a estas pessoas que ou tornem-se associadas ou não venham. Afinal, o curso é oferecido numa quarta-feira, em que o clube só tem uma atividade aberta ao público geral, que é o torneio de principiantes. Em tempo: convites a não-sócios são inválidos para estes eventos “internos”.

c. Torneio de seleção

Neste e no próximo ano este torneio será sediado em São Paulo. É uma grande ocasião para que todos conheçam os melhores jogadores do país. Como pode haver pessoas que não se interessem pelo evento principal, criamos um paralelo, que funcionará durante toda a semana do seleção (21 a 26 de março): haverá torneios de duplas à tarde e à noite com as mesmas bolsas do torneio principal, mas aberto a todos e, ao terminar o torneio da noite, duas ou três das bolsas mais interessantes do dia serão comentadas. O formato de duplas permitirá aos jogadores que joguem quando e o quanto quiserem, e, para cada dois torneios jogados um terá inscrição livre (este benefício não poderá ser transferido entre jogadores). Participem, será uma belíssima experiência.

8. Página da Internet

Nosso botão de ouvidoria permanece sendo pouco usado, mas, para quem o usou, as respostas da diretoria foram rápidas e, a acreditar nas reações que tivemos, dignas de elogio. Usem o botão. Está aí para isso. Reclamações em corredores estão sendo ignoradas por esta diretoria, já que há um canal formal e aberto de comunicação.

Uma das conseqüências do uso do botão de ouvidoria é que certas situações de mesa em jogos semanais que geraram discussões e reclamações e foram reportadas permitiu à direção uma ideia, a de implantar a página “pílulas de legislação”, para que nossos jogadores possam se inteirar das leis que norteiam os árbitros nas situações de jogo mais comuns. Esta página será divulgada a vocês quando for implantada.

Outra novidade em nossa internet é a possibilidade de inscrição em qualquer torneio da APB até o fim do ano, a qualquer momento, ou seja, se você já tem, por exemplo, sua quadra mista, pode inscrevê-la, mesmo que seja um evento de quarto trimestre...

9. Outras “cositas”

Tivemos uma pane em nosso ar condicionado do salão na última semana de janeiro. Pedimos desculpas por isto e estamos providenciando. Àqueles que sugeriram que comprássemos equipamentos novos, estamos dispostos a receber doações ou empréstimos para esse fim...

Até fevereiro.

A direção da APB

Boletim anterior